Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Por que o Brasil é um dos países com a energia mais cara do mundo?

Infelizmente a conta de luz está cada vez mais alta no Brasil. Segundo o diretor da Aneel, Agência que regular a energia elétrica, o valor da tarifa de energia no Brasil está atingindo patamares muito preocupantes.

Já a Agência Internacional de Energia (IEA) indica que o Brasil é o segundo país com tarifa de energia mais cara no mundo.

Neste texto você vai entender os principais motivos de nossa energia elétrica ser tão cara. Veja só!


Principais motivos do preço da energia elétrica do Brasil

» Crise hídrica

Nos últimos anos o Brasil vem enfrentando, em diversas regiões, um período de estiagem muito grave. Estima-se ser a pior estiagem dos últimos 91 anos.

Reservatórios de todo o país encontram-se com capacidade de armazenamento afetada. Por exemplo, as unidades do Sudeste e do Centro-Oeste, embora mais controladas atualmente, chegaram a apenas 23% de nível de água (acompanhe o nivel real atualizado aqui).

Hidrelétricas, por meio de barragens, são responsáveis por gerar 70% da energia produzida no país. Apesar de o Brasil ser o país com um dos maiores potenciais hidráulicos, depender de hidrelétricas aumenta o preço da conta de energia.

Isto porque em períodos de estiagem é necessário acionar usinas termelétricas, que possuem um processo de produção mais caro. Além disso, é necessário importar energias de países vizinhos, como Argentina e Paraguai.

 

» Alta tributação

Parte da razão da conta de energia ser cara é a alta carga tributária, que correspondente a praticamente 30% do valor total. Boa parte da carga tributária se dá pelo pagamento do ICMS, incidente na distribuição de energia elétrica.

O ICMS é um imposto estadual e possui alíquotas variáveis conforme o estado. Muitos estados não reduziram a alíquota apesar do preço da energia ter subido.

Infelizmente, o Estado brasileiro possui um governo inchado com muitos gastos e despesas desnecessárias. Assim, por ter uma grande estrutura é necessário um orçamento volumoso, o que influência em uma alta carga tributária.

 

» Subsídios

Próximo de 10% da nossa conta de energia é destinado para custear subsídios concedidos para famílias de baixa renda ou aos estados mais pobres do país. É claro que os subsídios são importantes e necessários, e devem ser mantidos.

No entanto, questiona-se o fato de serem embutidos no preço final para o consumidor. Seria uma melhor alternativa que os recursos para o subsídio saíssem do Tesouro.

Se o governo custeasse os subsídios acabaria por reduzir o preço geral da tarifa, o que beneficiaria toda a população.

 

» Cobranças de outorgas em licitações

Taxa de outorga são pagas por empresas vencedoras de licitação pelo direito de transmissão. Apesar de existir uma boa intenção, em afastar empresas que não são capazes de cumprir o contrato, a taxa de outorga é embutida nas tarifas, somando-se a juros bancários.

 

A solução…

Sim! Um dos caminhos são as energias renováveis que além de colaborar com um ambiente mais equilibrado, são formas de mais baratas de consumo. 

Você sabia que a Flora Energia pode ajudar a reduzir sua conta de luz com uma solução inovadora e totalmente sem custos? Acesse já o site e confira os detalhes!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Veja também...

Flora-Economia

Quer economizar até 20% em sua conta de luz?

Venha já para a Flora Energia e deixe de pagar caro! Sem custos, sem obras e de forma 100% digital você economiza e ainda contribui com o meio ambiente.